segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Vamos caminhar com as diferenças...a tolerância é uma virtude de quem pensa em amor...


Todos os dias eu aprendo... todos os dias eu oro ... é uma oração simples sem grandes palavras... Deus entende nossos corações... não precisamos muitas coisas para que nos ouçam... basta um coração cheio de amor...
Eu penso nas pessoas que vi nas ruas, nas pessoas que não gostam de mim, nas que eu ainda não conheci, nos familiares distantes...na vida há sempre um motivo... nada é por acaso...
Deus só nos pede para amar... não importa de que religião somos... ele certamente nem se importa muito com isso... nós somos orgulhosos demais para entender isso...
 Se uma pessoa na rua estivesse precisando de ajuda... um idoso na rua precisando atravessá-la... eu não vou perguntar qual sua religião para ajudá-lo... eu vou lá e faço...então porque o ser humano se preocupa tanto com isso?
Há pessoas que andam armadas por aí ensinando nossas crianças com maus exemplos... qual a sua religião?As pessoas são diferentes... caminham em direções opostas se assim quiserem, mas Deus só quer que pratiquemos o amor...
Somos nós que escolhemos nossos caminhos, há tantas pessoas que precisam de nós, seja uma palavra de conforto, seja apenas a paciência para ouvir, ou mesmo uma moedinha pra comprar o pão... cada um com a sua história ... quem somos nós para questionar a necessidade do outro...
Jesus nos ensina que devemos perdoar nossos algozes... Jesus nunca agrediu ninguém e nem declarou guerra... ele simplesmente viveu por nós... só precisamos praticar o amor que Jesus nos exemplificou com maestria...
Não sei escrever... escrevo faltando pontos e vírgulas... mas as idéias estão aqui... talvez alguém leia, outras vezes não... é uma questão de escolhas...
O ser humano passou milênios tentando se entender e até agora não conseguimos fazer isso... não é burrice... é ignorância...porque não sabemos de tudo... ignoramos grande parte das belezas divinas... e porque julgar o outro por nossas diferenças?
Há países que sacrificam mulheres, crianças covardemente... mas o que podemos fazer?Cada um responde pelos seus atos ,cedo ou tarde a justiça divina nos ensina...é só ter fé...
Não vamos perder a vontade de superar as nossas dificuldades, às vezes demoramos pra resolver determinadas questões, mas isso é um exercício continuo de paciência...Vejam um exemplo simples...
Ficamos nervosos com a fila no banco que demora... mas há pessoas que estão nas filas para receberem doações de órgãos... e estão ali esperançosas... Então no final do dia vamos analisar as nossas vidas de maneira mais sincera... enquanto eu reclamo da passagem de ônibus cara, alguém não tem dinheiro pra pagar a condução... vamos pensar nisso.
Pensemos em nossas crianças... elas são pequenos seres que necessitam de nossa educação, de nosso amor... e o que estamos fazendo por elas?
Nossos filhos amados... serão sempre nossos fãs, independende de suas idades, serão sempre grandes imitadores de nossas ações, então pensemos nas nossas ações porque possivelmente elas estarão nos imitando... seremos sempre seus heróis... e será que realmente somos heróis... ou vilões? Cabe a nós decidirmos isso.
Cada um de nós com as nossas responsabilidades... sabemos que erramos quando nos preocupamos com que os outros pensam ao nosso respeito, mas vamos tentar não nos apegarmos a isso... com o tempo a gente aprende... se precisar se defender tudo bem... mas não se deprima se alguém não te compreende... o tempo passa para todos... um dia aprendemos a caminhar sem nos preocuparmos com os olheiros... caminhemos sempre... o importante é saber caminhar... o outro tem a vida dele e nós temos as nossas... cada um no seu caminho, alguns se cruzam... mas a meta não deixa de existir por isso... apenas caminhamos... mas que seja um caminho em direção a Deus... sempre retos ... é cheio de espinhos ou pedras... não se preocupem com isso ... o importante é aprender com os passos... praticando sempre o bem...

Um comentário:

  1. Olá, blogueiro (a),

    Salvar vidas por meio da palavra. Isso é possível.

    Participe da Campanha Nacional de Doação de Órgãos. Divulgue a importância do ato de doar. Para ser doador de órgãos, basta conversar com sua família e deixar clara a sua vontade. Não é preciso deixar nada por escrito, em nenhum documento.

    Acesse www.doevida.com.br e saiba mais.

    Para obter material de divulgação, entre em contato com comunicacao@saude.gov.br

    Atenciosamente,

    Ministério da Saúde
    Siga-nos no Twitter: www.twitter.com/minsaude

    ResponderExcluir